Delegada Catarina Torres comemora 10 anos à frente da Deops

Delegada Catarina Torres comemora 10 anos à frente da Deops

Sucesso e reconhecimento é o sonho de qualquer profissional. Melhor ainda quando a atuação no mercado de trabalho rende frutos carregados de contribuições sociais. A delegada Catarina Torres, titular da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops), foi homenageada na manhã desta segunda-feira (9/7), pelos servidores lotados na especializada, em comemoração aos 10 anos à frente da Deops.

Há 29 anos atuando como delegada de Polícia Civil, Catarina Torres iniciou a carreira no Estado no dia 7 de dezembro de 1989. Na instituição,a primeira lotação aconteceu na antiga 4ª Delegacia de Polícia (DP), passou pela extinta Delegacia do Menor, também atuou como plantonista no 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e respondeu pela titularidade da Delegacia Especializada em Proteção ao Consumidor (Decon).

Ela acumula na bagagem, ainda, a titularidade daDelegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) e Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM). Também foi diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM). Em sua terceira passagem pela Deops, completou domingo (8/7) 10 anos à frente da especializada.

“É um tempo considerado longo emuma delegacia. Eu passei a maior parte da minha carreira atuando na Delegacia da Mulher e, eventualmente, em outras delegacias da capital. Depois,não sei se por conta do trabalho, da identificação com esse trabalho desenvolvido aqui, vim parar naDeops. Tenho muito orgulho da minha história dentro da instituição. É uma satisfação enorme completar dez anos de um trabalho comprometido, em uma unidade policial que constitui a grande Polícia Civil do Amazonas”, declarou Torres.

Na Deops, a delegada tomou posse no dia 8 de julho de 2008.A equipe da especializada atua constantemente em parceria com a comunidade, a fim de localizar os desaparecidos e trazê-los de volta ao convívio dos familiares e amigos.Catarina Torres enfatiza que o apoio da sociedade, por meio do compartilhamento das imagens das pessoas desaparecidas nas redes sociais, é imprescindível para um bom desfecho dos casos.

“É muito gratificante esse trabalho. Até em função do trabalho social que a gente desenvolve.Entre várias atribuições, uma delas, que nos toca mais de perto, são as pessoas desaparecidas. Na maioria das vezes, graças a Deus, logramos êxito nas buscas. Até quando encontramos a pessoa morta, como já aconteceu, de certa forma a família fica aliviada por ter uma definição final sobre o desaparecimento do ente querido”, disse a autoridade policial.

A Deops está situada nas dependências da Delegacia Geral, na avenida Pedro Teixeira, nº 180, bairro Dom Pedro, em frente ao Centro de Convenções (Sambódromo), na zona centro-oeste de Manaus. O número de telefone da unidade policial é o (92) 3214-2268.

FOTOS: Erlon Rodrigues/ Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here